Precisa-se de modelos de Deus

“Pois foi assim também que a si mesmas se ataviaram, outrora, as santas mulheres que esperavam em Deus, estando submissas a seu próprio marido,”(1 Pe 3.5)

Ao aproximar-se o congresso da União Feminina da ADAV onde o tema é “Mulheres conduzindo a vida cristã com humildade e mansidão para conquistar o lar” (Tito 2.3-5), trazemos à memória o exemplo de algumas servas de Deus mencionadas nas páginas das Escrituras Sagradas que são modelos a serem seguidos para o bem das famílias da nossa Igreja. Em uma época em que a mulher não era valorizada no contexto social, essas mulheres conquistaram com o exemplo e edificaram as suas casas, suas famílias e sua nação, tornando-se verdadeiras modelos de Deus para as mulheres de hoje.

A) MODELOS DE SABEDORIA (1 Sm 25) – Abigail cujo nome significa “fonte de alegria” era a esposa de Nabal cujo nome significa “tolo” e que ao receber um pedido de ajuda de Davi que seria o futuro rei de Israel o tratou com desprezo dizendo: “Quem é Davi? E quem é o filho de Jessé (1 Sm 25.10).
Diante da afronta, Davi já havia determinado exterminar toda família de Nabal, porém Abigail com muita sabedoria apaziguou a situação enviando mensageiros a Davi e o suprindo com tudo que precisava.
Deus precisa de mulheres como Abigail para resolver os conflitos de família, situações difíceis, evitando muitos problemas e até a destruição de lares.
Também se destaca como modelo de sabedoria, a mulher tecoíta que levou o rei Davi a tomar uma decisão após a sua sábia explanação. A Igreja precisa de mulheres que levem o Rei dos reis a tomar decisões e mudar o rumo da história.
Outra que entra na passarela como modelo de sabedoria é a mulher de Abel-Bete-Maacá que livrou toda a sua cidade com o seu conselho (2 Sm 20.14,16). Precisa-se urgente de mulheres que com uma palavra de sabedoria evitem uma separação, evitem um suicídio, evitem uma queda, evitem uma contenda e conquiste a sua família com sabedoria.

B) MODELOS DE PERSEVERANÇA (Rm 4.3,4). A primeira modelo de perseverança a irmã Rute que além de perseverar na amizade com Noemi também perseverou aos pés de Boaz (Rt 3) e recebeu a sua vitória e a nossa vitória quando tornou-se bisavó do Rei Davi e consequentemente fazendo parte da árvore genealógica do messias.
Muitas “Noemís” estão amarguradas precisando de uma amiga como Rute que não abandona apesar das circunstâncias, mas persevera dizendo: “Teu Deus é meu Deus”.

Ou seja; teu problema também é meu problema, tua luta é minha luta, tua dor é minha dor, mas tua vitória também é minha vitória.

Na passarela da perseverança, a rainha Ester. Preparou-se um ano com os melhores perfumes para entrar diante do rei (Et 2.12) e quando entrou o rei a amou (Et 2.17). Depois que ela conquistou o coração do rei, ele lhe dava tudo que ela pedia, até a metade do reino. A agência de Deus (Igreja) está contratando mulheres que se preparam para entrar na presença do Rei dos Reis e salvar sua família, seu povo sua nação. Ao se prepararem elas conquistarão o coração do Rei eterno, imortal e invisível e tudo o que pedirem, crendo, elas receberão em nome de Jesus.
Ainda na passarela da perseverança a irmã Ana, amargurada de espírito, angustiada, atribulada e irritada pela sua competidora, porém perseverante (1 Sm 1.10-12)
Precisa-se com urgência de modelos de perseverança que não se intimidam diante da indiferença e irritação de Penina, mas que oram o choram até Samuel nascer e trazer um novo tempo para a família e para sua nação.

C) MODELOS DE FÉ (Hb 11.6 / 11.35) – Nesta passarela entra Raabe que salvou a sua família apesar de ser uma prostituta e entrou na galeria dos heróis da fé. A Igreja precisa de mulheres que esqueçam o que foram e não esqueçam o que são.

Na passarela da fé, a mulher do fluxo de sangue. (Lc 8.46) Não tem um nome, mas tem fé, não era do ministério, mas nem os discípulos tocaram onde ela tocou. Perdeu tudo com os médicos, mas não perdeu a fé. Admite-se hoje mesmo, mulheres que não desistem da salvação do marido, da restauração do filho drogado e de outras causas impossíveis. Juntamente com esta anônima entra na passarela outra anônima: a mulher cananéia ou Siro-fenícia (Mt 15.28) que não desistiu da libertação da sua filha. Qual é o preço da humilhação que estamos dispostos a pagar pela vitória dos nossos filhos?
Ainda na passarela da fé Lóide e Eunice, avó e mãe de Timóteo respectivamente e que tinham uma fé não fingida (2 Tm 1.5) Se elas tinham uma fé não fingida é porque outras tinham uma fé fingida. Contratam-se mulheres com fé autêntica a fim de prepararem os Timóteos para pastorear e substituir os “Paulos”. Maiores informações com Aquele que deu uns para apóstolos, outros para profetas, outras para evangelistas, pastores e mestres (Ef.4.11)

D) MODELOS DE BOAS OBRAS (1 Co 16.15) – Abrindo a passarela das boas obras, ai vem a viúva de Serepta, nas suas mãos, um pouco de farinha e um pouco de azeite, mas ainda tem. (1 Re 17.9) e com este pouco prepara um bolo primeiro para o profeta Elias e recebe em sua casa o milagre da multiplicação onde “A farinha da panela não acabou nem o azeite na botija”. A agência de Deus precisa de viúvas que não dêem trabalho à Igreja, mas que trabalhem para a Igreja, que não gastem o dinheiro dos profetas (dízimos e ofertas), mas que sustentem a obra missionária.

Recomendo-vos também como modelo de boas obras a irmã Febe que servia à Igreja em Cencréia (Rm 16.1) Se Paulo escrevesse hoje, citaria o teu nome?
Ainda na passarela das boas obras as mulheres que serviram a Jesus com suas fazendas (Lc 8.1-3). O que estás fazendo pela obra social e pela obra missionária?

Dedico esta mensagem à minha esposa Márcia Helena e a todas as mulheres de Deus que me ajudam no ministério

Pr. João Neres

Comentários

GILBERTO disse…
"Cura Divina da AIDS!"

Nascido em 20/8/1962 e criado na Zona Sul do Rio de Janeiro. Venho de uma família de classe média toda voltada ao espiritismo. Sou filho de Marilu Scalzo Legey e Milton Pereira Legey (In Memorium), famoso compositor das décadas de 50 e 60, autor de várias músicas famosas, dentre elas: Fósforo Queimado, Rolei Rolei etc. Meu pai era irmão de Aloysio Legey, diretor de núcleo de vários programas da Rede Globo de televisão (Criança Esperança, Desfile das Escolas de Samba, Show da Virada etc.), do qual sou sobrinho e afilhado. Fiz faculdade de Letras(Port/Ing) e academia de artes maciais (Jiu-Jitsu/faixa-preta). Aos 18 anos, herdei do meu avô materno uma construtora, Arthur Scalzo & Cia Ltda. Fiquei rico, tinha poder, mulheres, carros, viagens etc. e tudo mais que o mundo poderia oferecer de melhor.

"Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam" (Mateus 6:19)

Aos 21 anos, me tornei dependente químico e chegei a usar todas as drogas, tendo tido inclusive 3 overdoses. Com as drogas vieram a perda de caráter, da personalidade, a prostituição e a falência. Para tentar não cair de padrão de vida entrei na marginalidade e no mundo do crime, passando a comprar carros roubados, posteriormente roubando os própirios carros, emitindo cheques sem fundos, realizando golpes e participando de falcatruas. Fui preso, julgado e condenado a 23 anos pelos diversos crimes cometidos. Participei de diversas rebeliões, motins, greves de fome etc. Cumpri 8 anos em regime fechado em diversos presídios: Presídio Ary Franco (Água Santa), Instituto Penal Edgard Costa (Niterói), Presídio Hélio Gomes e Penitenciária Lemos Brito no extinto Complexo Penitenciário da Frei Caneca/RJ e 4 anos em regime semi-aberto no Instituto Penal Plácido Sá Carvalho no Complexo Penitenciário de Gericinó/RJ. Lá deparei-me com o Diretor Paulo Roberto Rocha, que tinha sido meu aluno de defesa pessoal quando fez prova para o DESIPE. Ele foi um dos precursores a incentivar o convênio para usar a mão de obra carcerária para trabalhar nas ruas, e posteriormente assassinado na Av.Brasil.

Em 1998, conheci a pessoa que me mostraria a palavra de Deus, e que hoje é a minha amada esposa, a Missionária Verônica Legey, uma Varoa Valorosa que foi obediente ao Senhor e me ganhou para Jesus indo me evangelizar no cárcere.

"Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem." (Mateus 19:6)

Em 2001, como falei, foi feito um convênio entre a Secretaria de Justiça, a Fundação Santa Cabrini, a Secretaria de Administração Penitenciária e a CEDAE, pelo então Governador do RJ, Anthony Garotinho e o diretor da CEDAE/Zona Oeste na ocasião, Alcione Duarte. Consegui então, um emprego digno onde trabalhei até Dezembro/2006 na CEDAE.

"Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça" (Romanos 5: 20)

Mas, depois de tantos pecados e orgias, colhi o que plantei. Descobri que estava com AIDS. Passei 3 anos tomando os coquetéis anti-retrovirais. Participei de uma campanha feita pelo Pastor Ricardo Barros de Belo Horizonte/MG, que tem o Ministério da cura...

"Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades" (Salmos 103:3)

Deus continua operando os mesmos milagres de 2000 anos atrás, Deus curou-me da AIDS. Tenho os exames comprovando a cura. Basta aceitá-lo, arrepender-se, converter-se dos maus caminhos e ter Fé, pois sem Fé é impossível agradar a Deus.
Deus ainda me deu o Ministério do dom da Unção da Cura e Libertação, e para Honra e Glória do Senhor Jesus, temos sido usados como um canal abençoador de vidas por todos os lugares que passamos dentro e fora do Estado, para que o nome do Senhor seja Exaltado e Glorificado.
Hoje trabalho só pra Deus, sou Ministro do Evangelho, consagrado e ungido como Pastor. Congrego na Assembléia de Deus Pentecostal Ministério das Últimas Horas - Recreio/RJ - Pastor Presidente: Sérgio Luis Ferreira Alves.

"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." (2 Crônicas 7:14)

"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11:6)

Este é apenas um resumo das maravilhas que Deus fez na minha vida. Convites para pregações, testemunho, palestras sobre dependência química, DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis), congressos etc, entrem em contato comigo:


Pastor Gilberto Legey
Tels.: (21) 2406-2255 ou (21) 9847-1444
E-mail: gilbertolegey@cooperadoresdedeus.com;
MSN: gilbertoscalzolegey@hotmail.com
Site: www.cooperadoresdedeus.com

Postagens mais visitadas deste blog

CRENTES COM ENXÚNDIAS NAS ILHARGAS

Três recomendações acerca dos pastores

FARISEUS DE ONTEM E DE HOJE, Do Sinédrio à CGADB